FAN PAGE

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Rodovia no Planalto Norte retorna para a competencia federal

 
Nos anos 80, o governo do estado construiu a rodovia que liga os municípios de Porto União a Canoinhas, no Planalto Norte do Estado, sendo importante ligação aos catarinenses que residem naquela região, é rodovia que escoa para os portos de Santa Catarina as riquezas ali produzida, sua manutenção estava sob responsabilidade do DER. Entretanto, ao longo de décadas, com manutenção precária, os riscos aos usuários foram aumentando, não é raro encontrar histórias de pessoas que já tiveram dificuldades na rodovia ou que tenham parentes, amigos ou conhecidos que já sofreram acidentes no trecho, com muitos casos fatais ao longo da história.
 
SC 280 retorna a responsabilidade federal, BR 280
 
Processo concluído
O longo processo que tramitou durante três anos chegou ao seu final no início da semana,  Governo do Estado e o Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT)  assinaram, na segunda-feira (03), a transferência do patrimônio da SC 280, trecho Canoinhas a Porto União, para o Governo Federal. Com essa etapa fica concluído o processo de federalização da rodovia, de 75,2 quilômetros, que já tramitava há quase quatro anos no DNIT. Nos próximos dias será marcado um ato, em Porto União, com a presença do governador Raimundo Colombo, e autoridades federais para anunciar a federalização. Por outro lado, o DNIT já está executando obras de restauração da rodovia, com investimentos de R$ 24,9 milhões.

O Governo do Estado fez todo o projeto de restauração e o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental, com investimentos de cerca de R$ 3 milhões.  Segundo a Secretaria de Infraestrutura, além das obras de recuperação que estão sendo feitas, em breve a rodovia será toda renovada, com construção de terceiras faixas, melhorias nas intercessões, reforços de pontes e nova sinalização. Com essa ação, toda a BR 280, em seu trecho catarinense, que começa em São Francisco do Sul e vai até Porto União, passa a ser de responsabilidade do Governo Federal.

Para  o superintendente do DNIT em Santa Catarina, engenheiro João José dos Santos, esse foi mais um passo para a efetiva federalização da BR 280. “Agora concluímos todo o processo e vamos marcar um grande ato, lá na região, para que possamos dividir com todas as autoridades envolvidas e com a população essa nossa satisfação em assumir a responsabilidade pro mais essa rodovia”, avaliou. “Essa rodovia é muito bem-vinda à responsabilidade do DNIT”, finalizou.

Desde segunda-feira, a Polícia Rodoviária Federal também já está instalada no antigo posto da PRE (Policia Rodoviária Estadual) e passa a fazer todo o trabalho de fiscalização no trecho entre Canoinhas e Porto União.
 
Estrada da amizade
Também está na planilha de obras,  o trajeto entre Porto União e Matos Costa, da SC-302, a rodovia foi incluída no segundo pacote rodoviário que será executado com o financiamento de 2 bilhões de reais do Banco do Brasil, em tramitação na Assembleia Legislativa.

O trecho faz parte da “Estrada da Amizade”, reivindicação de 50 anos, iniciada na gestão Esperidião Amin e inaugurada no dia 1º de maio de 2004 por Luiz Henrique.

Hoje, o percurso entre Porto União e Matos Costa está uma vergonha, totalmente destruído. Cobalchini acionou na justiça a empresa responsável pela obra, a empreiteira Equipav, de São Paulo, pela péssima execução da mesma. A Equipav foi desclassificada das licitações do BID-6 realizadas pelo Deinfra.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário