FAN PAGE

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Prefeito da capital recebe representante da Comissão Organizadora


Na tarde de ontem, o secretário geral da AURESC. Alisson Luiz Micoski, representando a Comissão Organizadora do I Simpósio Catarinense sobre Concessões Rodoviárias, foi recebido pelo prefeito César Souza Júnior.

“Todas as ações que venham a colaborar para que discutamos as concessões implementadas nas rodovias do estado são bem vindas, é preciso qualificar o discurso e trabalhar-se pelas soluções que julgamos ser mais amplas, é em razão disso que a AURESC, a Ordem dos Economistas do Estado de Santa Catarina e a FETAESC – Fed. dos Trabalhadores no Estado de SC se uniram nesta importante iniciativa”, destacou Micoski.
 
O encontro aconteceu no gabinete do Chefe do Poder Executivo Municipal, e na conversa o prefeito revelou que vem acompanhando as ações realizadas quanto o trabalho das entidades que se organizaram para promover o Simpósio que será realizado no próximo dia 20 de junho.

Assim, como o prefeito da capital, a Comissão Organizadora pretende fazer uma visita oficial aos prefeitos das principais cidades da Grande Florianópolis.

O prefeito Cesar Souza Júnior, junto com outros mandatários da região,  requisitaram ao Ministério dos Transportes e ao Ministério Público Federal que seja avaliada a possibilidade de imediato cancelamento do contrato com a concessionária Autopista Litoral Sul, que administra o trecho da BR-101 que passa pela Grande Florianópolis. “Quando uma empresa não cumpre o disposto no edital é obrigação do ente público cancelar o contrato, declarar que a empresa não é idônea e abrir novo processo de concessão para que uma nova empresa seja habilitada a cumprir o objeto do contrato”, afirmou o prefeito.

 “A região entre São José e Palhoça é a mais violenta do país, não estamos falando só de riqueza e atraso no desenvolvimento por conta da falta do anel viário, mas principalmente de vidas humanas que são perdidas em um trânsito congestionado e violento”, destacou Cesar Souza Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário